Homenagem de Dia das Mães

  • domingo, 10 de maio de 2015
  • |
  • 00:17



Olá amores!

Sei que ando meio sumida por questões pessoais, e agradeço muito, primeiramente minha amiga Fernanda, e todos os colaboradores!

Porém, hoje é um dia, aliás o DIA MAIS ESPECIAL para quem é MÃE ou vai ser, pretende ser, ou é de alguma forma:

Tem mães que fazem papel duplo, mães que fazem papel de pai também (como da minha rainha Marli), mães que nós deixamos como segundas mães, como madrinhas (obrigada, Bruna!)

Mães avós, bisavós, mães irmãs, mães tias, primas, professoras (Kelly, Marislei, suas lindassss... ok, monitoras também... Renatinha, Kaliane, Cema...) Poxa tantas pessoas! 

E isso sim é nossa vida, são pessoas que doam um pouco do seu dia, seu tempo pra dar oi, saber como está, se preocupa e AMA!

Aliás, diga-se de passagem a madrinha coruja né Fer? Rssss
Porque a Fefê também tem uma afilhada LINDAA, a Laurinha, filha da irmã dela... ( PARABÉNS PATY)


Aí você tenta ao menos "infinitar" (inventei essa palavra, rsss) e pensa ser MÃE!

Passa uma vida em sua cabeça, como se fosse um filme, você era filha e agora vai assumir toda aquela responsabilidade? O MEDO, o susto, mas logo passa quando você pensa naquele neném SEU, sonha como será, ouve o coração, vê o ultrassom, sente mexer...

(Primeiro ultrassom do Gui, antes mesmo do 4D, Que emoção! PS. Tá quem nunca viu não sabe onde está cada coisa, eu também fiquei fazendo mil perguntas aos prantos ao médico, rssss)

Você muda TUDO, sua rotina, seu modo de se alimentar, se cuidar, gastos, pensamentos...

Mas o MEDO é grande, será que vou saber cuidar? Trocar as fraldas, amamentar? Será que  saberei ter a paciência e a força pra cada noite não dormida por alguma cólica, doença, birra, falta de sono? 

Será que terei pique para brincar todas às vezes? E com a bagunça? E a escola? O passar dos anos? E as dores, as felicidades, todas as emoções que irão vir?

O primeiro passo, palavra, formatura, carta, namorada(o)?

Será que serei boa conselheira, amiga, confidente, educadora, companheira, cuidadosa, amorosa, responsável?

Enfim, são tantos papéis né?

Todas as pessoas que se sentem como mãe, acredito que devam sentir um pouco de TUDO isso, e quando sentem que o tempo está passando, elas veem que realmente é assim...

Eu sou grata pelas avós que tenho, por minha RAINHA Marli, que é minha mãe, e meu pai desde meu segundo dia (conforme a vontade de Deus... Te amamos, Papai), minha amiga, companheira, meu exemplo, e como já disse milhões de vezes se eu um dia for metade, ou um terço do que ela é... Eu já seria uma MÃE REALIZADA!

Obrigada Nossa Senhora, NOSSA Mãe! Por me abençoar com uma mãe tão maravilhosa, e com um filho tão abençoado...  Essa é minha VIDA, VOCÊS!

Meu filho, EU AMO VOCÊ  MAIS QUE O INFINITO DE TODOS OS MUNDOS (RS)... (Coisas nossas...)

Obrigada por me fazer essa MÃE  tão realizada, por cada momento, por tudo que sinto do seu amor! Espero SEMPRE mais...

FELIZ DIA DAS MÃES PARA TODAS!

Esse é o poema que mais amo desde que soube da gravidez, até hoje! Aliás... momento ÚNICO!


Agradeço a Deus por você mamãe e por você filho!
O dom de ser filha e mãe... Mistura incrível, ver erros, corrigi-los com sua mãe, com seu filho...

Quem sabe, ano que vem seja você compartilhando com nós essas duas emoções amiga? Porém agora sua vez maninha de prestigiar sua mãe de alguma forma também! Rss

AMO VOCÊS!


Antes de ser mãe, eu não conhecia a sensação, 
de ter meu coração fora do meu próprio corpo. 
Não conhecia a felicidade de 
alimentar um bebê faminto. 
Não conhecia esse laço que existe 
entre a mãe e a sua criança. 
E não imaginava que algo tão pequenino, 
pudesse fazer-me sentir tão importante. 
Antes de ser mãe, eu nunca me levantei 
à noite toda , cada 10 minutos, para me 
certificar de que tudo estava bem. 
Nunca pude imaginar o calor, a alegria, o amor,
a dor e a satisfação de ser uma mãe. 
Eu não sabia que era capaz de ter 
sentimentos tão fortes. 
Por tudo e, apesar de tudo, obrigada Deus, 
Por eu ser agora um alguém tão frágil 
e tão forte ao mesmo tempo. 
Obrigada meu Deus, por permitir-me ser Mãe!


-------------------------------------

Agora é a Fer tá? Rs 

Bom, a disse tudo né gente? Acho que posso dizer que tenho um pouquinho de mãe dentro de mim também, pois eu tento cuidar e educar os meus alunos da mesma maneira que eu educaria um filho meu. Além disso, tenho minha sobrinha linda que eu amo demais e meu filhinho de quatro patas Dudu, lógico que não poderia esquecer, pois mães de cachorros (e gatos) também merecem! Rsrsrs.


Mas hoje quero falar também um pouquinho da minha mamãe. Essa mulher incrível que sempre fez de tudo pra ver eu e minha irmã felizes! Batalhadora, guerreira, inteligente, amorosa, enfim, um montão de qualidades. Tenho muita sorte e privilégio de tê-la como minha mãe e eu a amo demais! Ela é aquele alguém que esteve sempre ao meu lado, que sempre pude contar, que me conhece melhor que ninguém e que sempre cuida de mim mesmo quando estou longe. Mãe, obrigada por tudo, por todos os sacrifícios que você e o pai fizeram pra eu e a Pati estarmos onde estamos hoje.



PARABÉNS PRA TODAS AS MAMÃES! VOCÊS MERECEM!

MUUUITOS beijos com carinho! ^^
Comente!

COMENTÁRIOS

0 comentários

Postar um comentário